Início / Hqs e Livros / Leitura Dcnete Suprema – Aquaman Renascimento #1(Prévia)

Leitura Dcnete Suprema – Aquaman Renascimento #1(Prévia)

Aquaman Renascimento chega pelas mãos de Dan Abnett (escritor) e Scot Eaton e Oscar Jiménez (desenhistas) para posicionar o rei dos mares como um personagem importante dentro do universo DC.

Aquaman 3

Eu lembro que no início dos Novos 52 a revista do Aquaman foi uma das poucas coisas que me agradavam na época. O tom adotado já desde a primeira edição, que foi escrita pelo Geof Johns e fodamente ilustrada pelo Ivan Reis, era de irreverencia. A história lidava com o fato de o Aquaman ser sempre apontado como motivo de piadas pelos outros, principalmente se comparado a outros heróis como o Superman.

Apesar de o Aquaman ser o rei dos mares e ser dotado de poderes impressionantes (sim, o Aquaman não é somente o cara que “fala” com os animais, ele tem força e agilidade sobre humanas mesmo quando está fora do mar, além é claro de todas as habilidades que ele tem normalmente embaixo d’agua) ele sempre foi tido como um herói menor em comparação com os próprios membros da Liga da Justiça que ele mesmo foi um dos membros fundadores.

Aquaman

Aquaman porém é o rei dos mares, ele “sozinho” é responsável por defender cerca de 2/3 do total da área do planeta terra inteiro, visto que a terra em sua maior parte é coberta por água, e é exatamente isso que essa primeira edição tenta passar ao leitor. A importância e o peso que Aquaman carrega.

Longe de ter o tom leve e bem humorado que as primeiras edições dos Novos 52 apresentou, essa primeira edição começa de forma até parecida no aspecto que ela quer mostrar que o personagem é mais foda do que as pessoas pensam, mas deixando o humor e as auto referencias de lado para ir num tom mais sério.

aquaman 2

A perspectiva que é mostrada é narrada por Hera, que está a frente de uma embaixada criada para tentar estreitar os laços entre o povo da superfície e o povo Atlante. Hera serve como embaixadora entre os povos, e por mais que ela não goste do seres da superfície ela faz esse papel em nome do amor que sente por Aquaman. Pois sabe que para ele isso é importante já que além de rei dos mares, ele é metade Atlante e metade “da superfície”.

Esse inicio é mostrando Aquaman tentando lidar com o problemas de Atlantis, com os problemas da superfície, com o papel dele no meio disso tudo, de grupos rebeldes Atlantes que não aceitam esse estreitamento de relação com a superfície e que acham que por ele não ser 100% Atlante e por ter laços com a superfície, não é digno de ser Rei de Atlantis.

O final fecha mostrando seu arqui-inimigo bolando um plano que ele sabe que vai atingir Aquaman onde mais dói. É uma boa primeira edição, com questionamentos válidos mas não é nada inédito, vamos ver se a história começa a engrenar e se o Aquaman vai ter um papel de destaque como uma dos grandes da DC daqui pra frente.

aquaman renascimento capa

 

Gostou? Compartilhe!!!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Sobre Oni

Especialista em compras compulsivas. Mestre em largar jogos pela metade. Doutor em Leitura de livros com figuras. Príncipe em assistir séries pela metade . Rei da procrastinação. Deus do meu mundo.

Deixe uma resposta