Início / Games / Life is Strange

Life is Strange

(A vida é Estranha/Curiosa/Esquisita e azul)

Nomeado em Best Narrative, Best Performance e Games for Impact no The Game Awards (Ganhando o último) Life is Strange é um jogo de categoria Graphic adventure (Aventura Gráfica), desenvolvido pela Dontnod Entertainment (Remember Me 2013) e publicado pela Square Enix (Final Fantasy ou FF pros mais chegados 2003-2016).

Life is strange Mad Max

Segundo o que consegui notar pelas pessoas nerds ao meu redor, Life is Strange (ou simplesmente Lis para os intimos) foi se tornando bastante esperado e muito comentado/jogado e a Metacritic confirma que não foram só as pessoas nerds que eu conheço que tiveram uma quedinha pelo jogo, o score dele varia entre 73/100 e 83/100, passando a marca de 1 milhão de cópias vendidas (40% para pc ).

O jogo é dividido em 5 episódios no estilo story telling, que é meio que um filme semi interativo (como uma série de TV) onde vc tem uma falsa sensação de liberdade e pensa que vai poder mudar o mundo o rumo do jogo da maneira que você quiser (Na verdade vc só vai mudar algumas falas de certos personagens da trama).

Esse estilo de jogo já vem sendo muito usado por aquela empresa famosa que desenvolveu um jogo de bloquinhos, onde o seu objetivo (?) é criar coisas quadradas em 2D (não, não é tetris), ela começou a querer ganhar dinheiro a prestações desenvolvendo jogos de 5 episódios, como o The Walking Dead (24/Abr/2012), The Wolf Among Us (11/Out/2013), Tales from the Borderlands (25/Nov/2014) e Game of Thrones (02/Dez/2014).

Neste jogo além de você poder “mudar o rumo da história” com as escolhas de ações e falas, você também pode mudar o passado, voltando no tempo e escolhendo a ação que mais lhe agrade.

Life is strangeMax

Datas de lançamentos : Epi 01 – 29/01/2015, Epi 02 – 24/03/2015, Epi 03 – 19/05/2015, Epi 04 – 28/07/2015 e Epi 05 – 20/10/2015.

Life is Strange é um jogo de 5 episódios com múltiplas escolhas onde vc é a bonitinha da Max, uma aprendiz de fotografa de 18 anos que volta pra sua cidade natal para cursar uma faculdade de fotografia (sério?). Quando o jogo começa, a Max acorda numa floresta em meio a uma tempestade, e vê um furacão indo em direção a sua cidade, Arcadia Bay (Baia de Arcadia) em Oregon. Ela acorda de novo assustada no meio de sua aula de fotografia, no final da aula ela resolve ir no banheiro e acaba presenciando um assassinato de uma menina de cabelo azul (Sem gracinhas Mariano). Ela acorda de novo na mesma aula que ela teve antes de ir ao banheiro e descobre que voltou no tempo. A Max consegue salvar a Chloe, que depois ela percebe ser sua amiga de infância.

Life is strange Cloe

Quando eu joguei Lis pela primeira vez, eu nem sabia que o jogo existia (Shame, shame, shame). Estava na casa de um amigo (Alo Jandira, grande cidade, grande lugar, amo Jandira) e o mesmo falou: -B. Acho que você vai gostar deste jogo aqui oh, joga aih e fica de boa se não mando os manos daqui te sequestrarem.

Comecei o jogo e gostei bastante do visual dele, muito colorido e sem muita frescura, a trilha sonora e FAN TÁS TI CA (pelo menos pra mim) e a história é muito boa e envolvente. Pelo fato de você ter o poder de mudar o passado, a ideia de escolher o rumo do jogo se multiplica de uma tal forma que vc fica com muito medo das suas escolhas e sempre pensa, será que fiz merda?

Quando terminei o primeiro episódio eu queria jogar o segundo, o terceiro e até o sexto (oi?), mas não tinha saído ainda, snif snif. Esse jogo te dá a sensação de “maaaannnooooo, o que será que vai acontecer? ”, bem estilo seriado mesmo sabe?

Lógico que depois de um bom tempo, quando todos os episódios já tinham sido lançados, eu comprei o jogo na Steam e terminei ele com 17 horas. Os dois últimos capítulos eu devorei e joguei de uma vez.

Life is strange cloe max

Para um jogo sem muita grana o Life Is Strange tem um enredo muito bom, uma jogabilidade legal e gráficos bonitos, ficando no mesmo patamar que o Beyond Two Souls da Quantic Dream, e no quesito de escolhas eu achei ele bem mais aberto e interessante, quase como o Heavy Rain da Quantic também. E segundo a Steam, o público gostou bastante dele, 29.452 reviews positivas até o momento e só 950 negativas.

Aí você pensa, poxa, o jogo e foda e estas 950 pessoas só querem dar first nos comentários. Pééééééé, errado, se eu tivesse paciência e vontade, eu seria a 951 na hora de dar minha opinião. Sabe porquê? Pelo maledeto episodio 5. O último e o mais esperado de todos. E não é só porque eu não gostei do final que eu detonaria o jogo inteiro. Eu detono o jogo inteiro porque ao contrário dos outros 4 episódios que te dão uma possibilidade de escolhas imensas no episódio 5 vc mais assiste do que joga e a única escolha que vc faz nele é qual final vc vai querer jogar. Sim, depois de 16 horas e meia jogando, depois de centenas de escolhas feitas, vc ESCOLHE quais dos DOIS finais vc quer assistir!!! Muita sacanagem da parte dos desenvolvedores, até o Beyond tem mais finais.

Depois que assisti o making of do jogo (https://www.youtube.com/watch?v=LM5cLd-Zfw4 e https://www.youtube.com/watch?v=_VZ9RQNlMHY ) consegui compreender a idéia do quão grande é você criar um jogo interativo (Leia com algumas escolhas que podem mudar alguns fatos da história) e depois voltar no tempo e mudar esta escolha. Todo o processo de retornar no tempo faz com que o jogo seja muito maior que a história que vc conseguiu montar no final do seu gameplay.

Uma outra parte interessante de Life is Strange é que além da história que você vê se desenrolando, você consegue acompanhar essa mesma história no diário da Max, com uma pitadinha de comédia geek.

Bom, depois da minha indignação aí em cima eu falo: Sim, joguem sim o Life Is Strange, porque fora o final ser uma merda e você querer jogar o controle na TV, o jogo é muito bom e te proporciona boas horas de diversão, e até uma lagrimazinha ou suor masculino ao decorrer da história. E na minha opinião, é para isto que servem os jogos. Diversão!

Bom Jogo  =)

Trailer

 

Gostou? Compartilhe!!!
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Sobre Bcdiogo

Mestra das viagens intercontinentais, poliglota, colecionadora compulsiva de livros, solucionadora expert de puzzles e quebra cabeças em jogos de videogames e apreciadora de Doramas. Poderia dominar o mundo, mas a preguiça não deixa XD "tô com fome hahahahaha"

Deixe uma resposta